miércoles, 21 de septiembre de 2016

Portugal: Gravura paleolítica com 24 mil anos exposta em Vila do Bispo


 
Uma placa paleolítica de xisto com a gravura de animais, com 24 mil anos, é umas das peças em destaque na exposição "As origens pré-históricas do Reino dos Algarves", patente no Centro de Interpretação de Vila do Bispo.

"Trata-se de uma peça paleolítica, rara e de grande valor histórico, que nos permite conhecer um pouco mais das origens pré-históricas do Reino dos Algarves, nomeadamente o tipo de animais que existiam neste concelho da região do barlavento algarvio", disse à agência Lusa o historiador Artur de Jesus.

Descoberta em 2005 no sítio arqueológico de Vale de Boi, na freguesia de Budens, no concelho de Vila do Bispo, a placa de xisto contém três gravuras de auroques, uma espécie de boi de grandes dimensões.

De acordo com o historiador, o achado arqueológico, "está quase intacto, é uma das peças mais importantes da exposição, cuja gravura de um bovídeo, terá sido feita em três fases, há cerca de 24 mil anos"...


... Organizada pelo Interdisciplinary Center for Archaeology and Evolution of Human Behavior (ICArEHB) da Universidade do Algarve, a exposição pode ser visitada até ao dia 28 de outubro, de segunda a sexta-feira, das 09:00 às 15:30, no Centro de Interpretação de Vila do Bispo. regiao-sul.pt

Vìdeo: Gravura paleolítica com 24 mil anos exposta em Vila do Bispo